Cinética Química Exercícios Resolvidos – Lei da Velocidade

Aprender Cinética Química Exercícios Resolvidos, de longe, é a melhor forma para você gabaritar qualquer questão de colégio, vestibulares e enem. Eles permitem que de forma objetiva você saiba exatamente o que fazer para garantir os pontos nas provas.

Neste artigo, vamos resolver algumas questões de lei da velocidade que o fará confiante e seguro para realizar sua prova, seja ela qual for, portanto, acompanhe este artigo até o final.

Lista de Exercícios de Cinética Química: Clique aqui para baixar as 42 questões gabaritadas.

Assista também: 6 Exercícios Resolvidos de Concentração de Soluções Químicas - Teoria + Exercícios (Clique Aqui)

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade - Questão 1

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 1

Para resolver esta questão basta seguir os 4 passos aprendidos no artigo Lei da Velocidade - Simples e Prático. Se você ainda não viu o artigo, dá um pulinho lá, pois assim, você entenderá mais facilmente estas resoluções. No final do artigo há um vídeo explicativo do passo a passo. ( Clique Aqui para ver o artigo de Lei da Velocidade- Simples e Prático em Passo a Passo)

Vamos à resolução da questão.

1. Primeiro PASSO

No primeiro passo, devemos escolher os pares de experimentos a serem analisados. Deve-se SEMPRE escolher aqueles experimentos em que um dos reagentes permanece com mesma concentração, enquanto o outro reagente tem sua concentração alterada.

Observando a tabela, podemos selecionar os pares de experimentos 1 e 2, em que a concentração de NO2 permanece constante e a concentração de O3 varia, representados pelo destaque verde, e experimentos 2 e 3, em que a concentração de O3 permanece constante, enquanto a a concentração de NO2 varia, representados pelas setas azuis.Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 1- Passo 1

2. Segundo PASSO

No segundo passo devemos analisar como a variação da concentração influencia a velocidade da reação. Pode-se perceber nos experimentos 1 e 2, em verde, que quando a concentração de ozônio (O3) é duplicada, a velocidade da reação também duplica. Além disso, nos experimentos 2 e 3, em azul, quando a concentração do NO2 reduz a metade, a velocidade da reação também reduz a metade ( visualize em azul).

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 1- Passo 2

3. Terceiro PASSO

O terceiro passo é determinar a ordem da reação, que é feita aplicando a fórmula apresentada em azul, que relaciona a variação de velocidade com a variação da concentração.

Para determinar a ordem da reação são feitos os cálculos duas vezes, uma vez para cada reagente. Perceba nos cálculos que a ordem dos dois reagente é 1.

A reação é de primeira ordem para ambos os reagentes.

ATENÇÃO: Algumas questões pedem a ordem global da reação, nesses casos, a ordem global é a soma das ordens individuais dos reagentes. Dessa forma, a ordem global dessa reação da questão é 1+1 = 2. Reação de 2a ordem global.

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 1- Passo 3

4. Quarto PASSO

O quarto e último passo é determinar a lei de velocidade, que nada mais é que substituir as ordens de reação encontradas na lei de velocidade padrão.

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 1- Passo 4

5. Extra - Determinar a constante de velocidade da reação (k)

Nesta questão, além de exigir a lei da velocidade, encontrada após os 4 passos anteriores, solicitou-se também a constante de velocidade da reação (k).

Para determinar essa constante é muito simples! Basta que você escolha um dos experimentos e substitua os dados daquele experimento, apresentados na tabela, na lei da velocidade encontrada. Visualize abaixo:

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 1- Passo Extra

Desta forma, determinamos a constante de velocidade da reação.

O gabarito da questão é LETRA D

 

Veja Também: Veja 4 exercícios resolvidos de cinética química

Veja também: 6 Exercícios Resolvidos de Concentração de Soluções Químicas - Teoria + Exercícios (Clique Aqui)

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade - Questão 2

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 2

Da mesma forma que resolvemos a Questão 1, para resolver esta questão basta seguir os 4 passos aprendidos no artigo Lei da Velocidade - Simples e Prático. Se você ainda não leu este artigo e não assistiu ao vídeo no final dele, não perca tempo, dá um pulinho lá. Você entenderá ainda mais essa resolução. ( Clique Aqui para ver o artigo de Lei da Velocidade - Simples e Prático em Passo a Passo)

Vamos à resolução da questão.

A questão acima é bem parecida com a primeira. É apresentada uma tabela com 3 experimentos, com as concentrações dos reagentes e as velocidades de cada experimento.

O enunciado mostra a lei da velocidade padrão com expoentes (ordens da reação) sendo ‘a’ e ‘b’.

O objetivo da questão é determinar a ordem da reação de cada reagente, ou seja, determinar a e b.

1. Primeiro PASSO

No primeiro passo devemos escolher os pares de experimentos a serem analisados. Vamos em busca dos experimentos em que um dos reagentes permanece com mesma concentração, enquanto o outro reagente tem sua concentração alterada.

Observando a tabela, podemos selecionar os pares de experimentos 1 e 2, em que a concentração do oxigênio (O2) permanece constante, enquanto a concentração do monóxido de carbono (CO) varia, representados pelo destaque verde, e 1 e 3, em que as concentrações do monóxido de carbono (CO) permanecem constantes e a concentração do oxigênio (O2) varia,  representados pelas setas azuis.

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 2- Passo 1

2. Segundo PASSO

No segundo passo devemos analisar como a variação da concentração influencia a velocidade da reação. Pode-se perceber nos experimentos 1 e 2, em verde, que quando a concentração de monóxido de carbono (CO) é duplicada, a velocidade da reação também duplica. Além disso, nos experimentos 1 e 3, quando a concentração do oxigênio (O2)  reduz a metade, a velocidade da reação reduz à quarta parte (reduz 4 vezes ) ( visualize em azul).

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 2- Passo 2

3. Terceiro PASSO

O terceiro passo deve-se determinar a ordem da reação, que é feita aplicando a fórmula apresentada em azul, que relaciona a variação da velocidade com a variação da concentração em cada experimento.

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 2- Passo 3

Para determinar a ordem da reação são feitos os cálculos duas vezes, uma vez para cada reagente. Perceba nos cálculos que enquanto a ordem do monóxido de carbono é 1, a ordem do oxigênio é 2.

ATENÇÃO: Algumas questões pedem a ordem global da reação, nesses casos, a ordem global é a soma das ordens individuais dos reagentes. Dessa forma, a ordem global dessa reação da questão é 1+2 = 3. Reação de 3a ordem global.

4. Quarto PASSO

O quarto e último passo é determinar a lei de velocidade. Para isso, basta substituir as ordens de reação encontradas na lei de velocidade padrão.

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 2- Passo 4

Desta forma a lei da velocidade fica: V=k.[CO]¹.[O2]²

Como no enunciado é dada a lei da velocidade padrão, e pede-se os valores de ‘a’ e ‘b’, ao compararmos as leis da velocidades concluímos que a=1 e b= 2.

Portanto o gabarito da questão é letra A

 

Veja Também: Veja 4 exercícios resolvidos de cinética química

Veja também: 6 Exercícios Resolvidos de Concentração de Soluções Químicas - Teoria + Exercícios (Clique Aqui)

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade - Questão 3

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 3

A terceira questão segue o mesmo padrão de resolução das outras questões. É apresentada uma tabela com 3 experimentos, com as concentrações dos reagentes e as velocidades de cada experimento.

Para resolvê-la, basta seguirmos o passo a passo já conhecido.

O objetivo da questão é determinar a lei da velocidade da reação, a constante de velocidade e comparar as velocidades de desaparecimento dos reagentes.

Vamos lá!

1. Primeiro PASSO

Qual é o primeiro passo?

Isso mesmo, escolher os pares de experimentos a serem analisados.

Para isso, vamos em busca dos experimentos em que um dos reagentes permanece com mesma concentração, enquanto o outro reagente tem sua concentração alterada.

Observando a tabela, podemos selecionar os pares de experimentos 1 e 2, em que a concentração de B permanece constante, enquanto a concentração de A varia, representados pelo destaque verde, e experimentos 2 e 3, em que as concentrações de A permanecem constantes e a concentração de B varia,  representados pelas setas azuis.

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 3- Passo 1

2. Segundo PASSO

E o segundo passo...Qual é?

Analisar como a variação da concentração influencia a velocidade da reação. Isso mesmo!

Pode-se perceber nos experimentos 1 e 2, em verde, que quando a concentração de A é duplicada, a velocidade da reação também duplica. Além disso, nos experimentos 2 e 3, quando a concentração de B duplica (aumenta 2 vezes), a velocidade da reação quadruplica (aumenta 4 vezes) ( visualize em azul).

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 3- Passo 2

 

3. Terceiro PASSO

No terceiro passo deve-se determinar a ordem da reação, que é feita aplicando a fórmula apresentada em azul, que relaciona a variação da velocidade com a variação da concentração em cada experimento. Para determinar a ordem da reação são feitos os cálculos duas vezes, uma vez para cada reagente. Perceba nos cálculos que enquanto a ordem de A é 1, a ordem de B é 2.

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 3- Passo 3

ATENÇÃO: A ordem global desta reação é dada pela soma das ordens individuais dos reagentes, desta forma, a ordem global desta questão é 1+2 = 3. Reação de 3a ordem global.

4. Quarto PASSO

O quarto e último passo é determinar a lei de velocidade. Para isso, basta substituir as ordens de reação encontradas na lei de velocidade padrão.

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 3- Passo 4

Desta forma a lei da velocidade fica: V=k.[A]¹.[B]²

5. Extra - Determinar a constante de velocidade da reação (k)

Para determinar a constante de velocidade basta substituirmos os valores de QUALQUER experimento da tabela na lei da velocidade. Visualize abaixo:

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 3- Passo Extra

Desta forma, a constante de velocidade da reação tem valor igual a 25.

EXTRA - Relação entre as velocidades de desaparecimento

Para relacionar as velocidades de desaparecimento entre os reagentes, basta olharmos para os coeficientes estequiométricos da reação ( os números em frente dos compostos químicos na equação química da reação).

A relação das velocidades é a mesma da relação dos coeficientes estequiométricos. Assim sendo, na questão a velocidade de desaparecimento de A será 2 vezes maior que a velocidade De desaparecimento de B, já que o coeficiente de A é 2 e o de B é 1.

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Questão 3- Passo Extra 2

Com isso o gabarito da questão fica sendo.

SOMA ( 22) - As respostas corretas são 02 - 04 - 16.

Veja Também: Veja 4 exercícios resolvidos de cinética química

Veja também: 6 Exercícios Resolvidos de Concentração de Soluções Químicas - Teoria + Exercícios (Clique Aqui)

Desafio!!!

Após a resolução dessas questões, é hora de você tentar sozinho.

Portanto, resolva a questão abaixo e deixe a resposta encontrada nos comentários, logo abaixo deste artigo.

Cinética Química Exercícios Resolvidos - Lei da Velocidade- Desafio

Com isso, chegamos ao final deste artigo, onde resolvemos 3 questões de lei da velocidade em um método passo a passo.

Para responder outras questões semelhantes, basta que você siga esses passos para gabaritar em sua prova.

Se você gostou do artigo, acha ele interessante e útil para outros estudantes, curta-o e compartilhe-o em suas redes sociais.

Grande Abraço e Ótimos Estudos!!

 

 

 

25 Comentários


  1. Resposta da questão proposta

    A: Equação da reação: V=k[HgCl2][C2O4]²
    B: Constante da velocidade: k=0.008mol/L/min
    C: Velocidade da reação: v=8*10^-9

    Responder

    1. Muito bom, Matheus!!! Isso mesmo!!!
      Parabéns!!
      Só chamo atenção para um detalhe: a unidade da constante de velocidade (k) é L²/(mol².min)

      A unidade da constante de velocidade sempre vai depender da lei de velocidade da questão e pode ser encontrada substituindo as unidades na fórmula como se fossem valores, em seguida, resolvê-la. O que sobrar será a unidade da lei de velocidade.
      Quer ver? Acompanha aí…

      Como a fórmula é v=k[HgCl2][C2O4]², a unidade de velocidade é mol/L.min e a unidade das concentrações é mo/L, substituindo essas unidades na fórmula fica:
      mol/(L.min) = k . (mol/L). (mol/L)²
      Resolvendo a matemática, fica:
      mol/(L.min) = k . (mol/L). (mol²/L²)
      Cortando o mol/L dos dois lados fica:

      1/min = k.mol²/L²
      k= L²/(mol².min)
      k = L²/mol².min

      Espero ter te ajudado!

      Continue participando de nosso blog! Há outro assunto que você gostaria de ajuda?
      Fique à vontade para solicitar!

      Grande Abraço e Bons estudos!

      Responder

      1. v = k . [HCl]2
        Como eu faço com essa lei da velocidade, para achar a unidade da constante “k”??

        Responder

        1. Oi larissa,
          no enunciado da sua questão, deve ter algum valor experimental de velocidade da reação e de concentração molar do HCl. Basta você substituir esses valores na lei de velocidade. Por exemplo:
          vamos dizer que a velocidade da reação tenha sido 2mol/L.s quando a concentração inicial do HCl foi de 0,5mol/L.
          Você pega esses valores e substitui na lei de velocidade, ficando:
          v=k.[HCl]²
          2=k.(0,5)²
          2=k.0,25
          k=2/0,25=8
          k=8

          Entendeu? Qualquer outra dúvida é só falar!! Tem algum outro assunto que você gostaria de ver publicado no blog?
          Espero tua resposta.
          Grande Abraço

          Responder

        1. Olá Adam,
          você não está conseguindo achar o valor da constante de qual questão? Do desafio? Você encontrou a lei de velocidade? Se sim, basa escolher 1 experimento, substituir os valores de concentração e velocidade nesta lei da velocidade, deixando o “k” como incógnita. A partir daí é resolver matematicamente encontrando o valor de k. As respostas corretas estão na resposta do Matheus.
          Qualquer dúvida, é só falar!

          Responder

  2. (1,8×10^-5) = k . (0,100) . (0,15)²

    Pra achar a constante; sempre esqueço de colocar ao quadrado. Por esse motivo imagino que vocês também não estavam conseguindo!

    Responder

    1. É isso aí Augusto!!
      Agora cuidado!! Você só coloca ao quadrado se na lei de velocidade a concentração estiver ao quadrado, ok? Você sempre respeita a equação da lei de velocidade. Grande Abraço

      Responder

    1. Oi Brokyn,
      Você deve ter encontrado a lei da reação, na letra “a” (V=k[HgCl2][C2O4]²) e a constante de velocidade (K) na letra “b” (k=0,008). Para responder a letra “c” basta você substituir os valores da constante (k) encontrada e os valores dados das concentrações dos compostos, na lei de velocidade e calcular. Veja como fica:

      V=k[HgCl2][C2O4]²
      v= 0.008x 0,010x(0,01)²= 8*10^-9
      v= 8*10^-9

      Espero que tenha entendido. GRande Abraço!

      Responder

  3. Na letra B, para encontrar a constante de velocidade (K) a minha resposta deu 800, e eu não sei aonde esta o meu erro vocês poderiam me ajudar?
    V=K.[Hgcl2].[C2O4 2-]2
    1,8×10-5=K.[0,100].[0,15]2
    K=1,8÷0,100.0,0225
    K=1,8÷0,00225
    K=800

    Responder

    1. Oi Jean,
      você sumiu com o 10-5, quando passou da 2a para 3a linha na sua resolução. Sua 3a linha deveria ficar:
      k=1,8×10-5/(0,100×0,0225).
      Se corrigir isso, dá certo!

      Espero ter ajudado.
      Grande abraço

      Danilo Nogueira

      Responder

        1. Oi Duane, este é o valor dado na tabela experimental do desafio, presente no final do artigo! Dê uma olhadinha lá!!
          Espero ter tirado sua dúvida!

          Responder

  4. Ola professor! Gostaria de saber como foi encontrado o resultado da letra c. Vi em um comentario á cima , só que não entendi os cálculos. Poderia explicar melhor?

    Responder

    1. Oi Álefe, você deve ter visto, no artigo, que a lei de velocidade é uma função ou equação matemática que mostra a dependência da velocidade da reação com as concentrações de cada reagente. Isso significa que para cada valor de concentração de reagentes, há uma velocidade específica, calculada pela “lei de velocidade”. Na questão, foi possível obter a lei de velocidade e o valor da constante de velocidade (k), nos itens “a” e “b” respectivamente. A lei de velocidade foi : V=k[HgCl2][C2O4]²

      Sabendo a lei de velocidade, você precisa apenas substituir os dados de k, [HgCl2] e [C2O4], fornecidas na questão. Substituindo os dados fornecidos, fica:
      V=k[HgCl2][C2O4]²
      v= 0.008x 0,010x(0,01)²= 8*10^-9
      v= 8*10^-9

      Espero que tenha ajudado.
      Grande abraço

      Responder

  5. Nao consigo entender porque dá [HgCl]¹.[C2CO]² , pois da forma que vi, entendo que HgCle é de ordem 2, já que quando duplicamos sua concentração, sua velociade quadriplica. Pode me ajudar ?

    Responder

    1. ja entendi onde errei kjsdkljda , obrigada de qualquer forma. Excelente conteúdo <3

      Responder

  6. a)V= k. [HgCl2][C2O4]²
    b)k=800
    c) não consegui encontrar o resultado

    Responder

    1. Oi Laislla,
      Você deve ter encontrado a lei da reação, na letra “a” (V=k[HgCl2][C2O4]²) e a constante de velocidade (K) na letra “b” (k=0,008). Para responder a letra “c” basta você substituir os valores da constante (k) encontrada e os valores dados das concentrações dos compostos, na lei de velocidade e calcular. Veja como fica:

      V=k[HgCl2][C2O4]²
      v= 0.008x 0,010x(0,01)²= 8*10^-9
      v= 8*10^-9

      Espero que tenha entendido. GRande Abraço!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *