Processo de Separação de Misturas – Cobrado em 4 das últimas 6 provas do ENEM

Olá futuro universitário,

Hoje, trago um artigo sobre Processo de Separação de Misturas, um assunto extremamente importante para quem estuda para o ENEM, uma vez que, foi cobrado em todas as provas desde 2010, com exceção dos anos 2011 e 2012.

Provavelmente, você estudou este assunto no início do ano, ou até mesmo, no 1° Ano do Ensino Médio. Não é mesmo? Se sim,  você deve ter esquecido muita coisa.

Sabendo isso, decidi preparar este artigo para te lembrar processo de separação de misturas, afim de facilitar sua revisão para o ENEM, ou até, quem sabe, abrir sua mente em algum ponto, dando uma sacada que você não tinha.

Neste artigo, vou te mostrar:

  • O que é mistura e suas classificações 
  • O segredo por trás do processo de separação de misturas
  • Os processos de separação de misturas mais cobrados em provas
  • Como foi cobrado processo de separação de misturas no ENEM ( vídeo-aula) 

No final do artigo, te mostro como você pode me enviar a questão de seu interesse para eu resolver e discutir com você.

Antes de começarmos, se você acha que este assunto vai te ajudar e ajudar outro amigo seu, chame-o para participarmos juntos dessa jornada. Compartilhe este artigo com ele.

Pronto, agora que a equipe está pronta, vamos começar…

O que é mistura e suas classificações - Um breve resumo

fotos do oceano 09 - Processo de Separação de Misturas - Cobrado em 4 das últimas 6 provas do ENEM

Antes de eu começar a te lembrar sobre processo de separação de misturas, preciso conversar um pouco sobre Misturas.

Quando duas ou mais substâncias puras compartilham um determinado espaço, diz-se que há uma mistura. Em nosso dia-a-dia é dificílimo encontrarmos substâncias puras na natureza. Em sua grande maioria, as substâncias aparecem em misturas.

Por exemplo: a água do mar, a água que bebemos, a água que tomamos banho, o ar que respiramos, o garfo com qual comemos, o aço que sustenta seu prédio ou sua casa, o seu carro, seu computador, entre outros.

Enfim, para onde você olhar, você terá exemplos de misturas.

Em algumas situações você, visualmente, perceberá, de cara, que de fato é uma mistura, pois você visualmente identificará os componentes, mas muitas vezes não. É aí que diferenciamos as misturas homogêneas das misturas heterogêneas.

Processo de separação de misturas - Mistura homogênea e heterogênea

As misturas podem ser classificadas em homogêneas e heterogêneas de acordo com seu aspecto visual. Se você perceber um único aspecto visual, uniforme, estará de frente a uma mistura homogênea, caso contrário, você estará de frente a misturas heterogêneas.

Exemplos clássicos de misturas heterogêneas são: água e óleo, água e areia. Em ambas é possível perceber, visualmente, a presença de mais de uma substância.

processo-de-separacao-de-misturas-homogenea-e-heterogenea

Nos dias atuais, em que temos escassez de recursos, é fundamental que saibamos separar e recuperar as substâncias misturadas.

Desta forma, temos algumas aplicações práticas desta necessidade, tais como: Tratamento de Água de abastecimento, Tratamento de Efluentes, Contenção de desastres ecológicos, Dessalinização, entre outros.

Vou te falar um pouco sobre essas aplicações, mais a frente. Fique  comigo neste artigo.

O segredo por trás do processo de separação de misturas

segredo - Processo de Separação de Misturas - Cobrado em 4 das últimas 6 provas do ENEM

O processo de separação de misturas é o conjunto de ações com o intuito de separar cada componente da mistura.

Por exemplo: água barrenta!!

Você já imaginou que a água que você toma banho, no início do processo era barrenta? E que os engenheiros químicos apenas separaram a água do barro para te oferecer limpinha e transparente do jeito que você gosta?

Por muito tempo, isso foi um desafio! Mas com o passar dos a técnica foi aprimorada, a tecnologia evoluiu e dominamos o assunto.

A grande sacada do processo de separação de misturas é saber que cada uma das substâncias possui características ou propriedades específicas que as tornam únicas e as diferenciam umas das outras. Saber explorar essa particularidade da substância que se quer separar é a chave para o sucesso do processo de separação de misturas.

processo-de-separacao-de-misturas-propriedades

Algumas propriedades das substâncias são: tamanho, peso, densidade, volatilidade, característica ferromagnética, solubilidade.

São as diferenças dessas propriedades existentes entre as substâncias que possibilitam a separação delas em uma mistura.

Por exemplo: o filtro separa partículas sólidas de líquidos. Dependendo do filtro ele consegue filtrar partículas minúsculas ou não. A filtração utiliza a característica do tamanho das partículas para fazer a separação.

O peneiramento utiliza a diferença de tamanhos de partículas para fazer a separação de sólidos.

Todo processo de separação tem uma lógica associada a característica daquela substância a ser retirada.

Na tabela abaixo te apresento o processo de separação de misturas e as respectivas características das substâncias em que ela atua.

processo-de-separacao-de-misturas-tabela

As questões do ENEM exigem que você entenda essa lógica de cada um dos processos de separação de misturas.

No próximo tópico vou te apresentar quais os principais processo de separação de misturas cobrados no ENEM e provas.

Se você está gostando deste artigo, compartilhe com seu amigo. Traz ele para essa comunidade do Saber Enem.

Os processos de separação de misturas mais cobrados em provas

Dentre os vários processos de separação de misturas apresentados, alguns são mais comumente cobrados. Mas atenção, isso não quer dizer que vai cair em sua prova, e sim, que há mais chances de cair que outros, pois tem mais aplicações práticas.

São eles:

  • Decantação
  • Destilação Simples
  • Destilação Fracionada
  • Cristalização
  • Floculação
  • Centrifugação

Vou comentar cada um deles.

Decantação - Processo de Separação de Misturas

Processo de Separação de Misturas - Decantação

Eu gosto de comparar a palavra “Decantar” com “Descansar” porque nos faz entender facilmente a ideia desse processo de separação de misturas.

A ideia é que ao deixar a mistura descansando, paradinha, as substâncias mais densas (pesadas) tenderão a se depositar no fundo do recipiente, enquanto as substâncias menos densas (leves), tenderão flutuar, subir. Essa é a ideia da decantação. Após essa separação das substâncias por conta de sua densidade, fica mais fácil de separamos cada uma.

Entendeu?

É o caso da separação de água e óleo, separação de misturas de plásticos, limpeza de água turva.

Se você pega uma mistura de água e óleo e deixar ela paradinha, descansando, o óleo vai flutuar na água, enquanto a água vai ser depositada em baixo. O mesmo acontece com a água turva. Pegue uma água barrenta e deixe-a descansar para ver o que acontece. Com o tempo os sólidos dispersos vão decantar, descer para o fundo do recipiente.

O processo de decantação consiste, portanto, em deixar em repouso (“descansar”) a mistura, para que as substâncias mais densas se separem das demais e se depositem no fundo do recipiente.

Veja esse vídeo do Manual do Mundo, em que se faz um teste de adulteração de gasolina. Perceba que após misturar, água, gasolina e álcool, houve uma separação entre os líquidos imiscíveis graças a diferença de densidade entre eles. A gasolina além de não se misturar a àgua, possui menor densidade, concentrando-se na parte superior do recipiente.

 

Destilação - Processo de Separação de Misturas

Processo de separação de misturas - destilação

A destilação é o processo de separação de misturas que utiliza a volatilidade das substâncias para fazer a separação através do fornecimento de calor. Neste processo, o calor faz um líquido evaporar. Em sequência, o vapor passa por um processo de condensação onde é transformado em líquido novamente, só que dessa vez, com maior grau de pureza.

O processo de Destilação é muito comum para separar líquido de soluto não volátil. Exemplo solução de água e sal. Se você tem uma solução de água e sal, e aquece essa solução, a água vai evaporar enquanto o sal vai continuar no recipiente. Com o tempo terá separado a água do sal. Após o processo será obtida a água destilada e o sal dentro do recipiente. Entendeu?

Um exemplo prático do processo de destilação é o que acontece no processo de fabricação de álcool (etanol). Na indústria sucroalcooleira, após a etapa de fermentação, a mistura formada por água, álcool e outros compostos passa pelo processo de destilação, no qual se consegue separar o álcool (mais volátil) da mistura, e condensá-lo, obtendo o álcool etanol que conhecemos.

Para você conhecer um pouco mais sobre essa aplicação, assista ao vídeo abaixo:

 

Destilação Fracionada - Processo de Separação de Misturas

Processo de separação de misturas - destilação fracionada

A destilação fracionada também utiliza calor para evaporar substâncias e separá-las das demais. A diferença da destilação simples é que neste caso, tem-se uma mistura de substâncias líquidas com pontos de ebulição diferentes. A separação é feita de forma fracionada, tal que, as substâncias de menor ponto de ebulição são separadas primeiro, em seguida, separa-se a substância de maior ponto de ebulição e assim sucessivamente.

Na prática, o processo de destilação fracionada é feita na separação dos constituintes do petróleo.

 

Cristalização - Processo de Separação de Misturas

A cristalização é o processo de separação de misturas na qual é fornecido calor para uma solução com  intuito de evaporar o solvente e concentrar o soluto até ele cristalizar-se.

Este é o processo utilizado para obtenção do nosso sal de cozinha, que você adiciona nos alimentos.

Veja esse vídeo abaixo para você ver a aplicação prática do processo de cristalização.

 

OBS: Tanto o processo de destilação, quanto o de cristalização há fornecimento de calor à solução para evaporar o líquido. A diferença é que na destilação, o vapor passou por um processo de condensação para se transformar em líquido novamente, enquanto no processo de cristalização não, todo o líquido foi evaporado para atmosfera.

Floculação - Processo de Separação de Misturas

Processo de separação de misturas - floculação

Floculação é o processo de separação de misturas em que se formam flocos com o intuito de aumentar a densidade e fazê-lo depositar no fundo do recipiente.

Como isso é feito? A floculação geralmente segue o processo de coagulação em que uma substância química, chamada de coagulante, é adicionada à mistura para que formem coágulos das partículas suspensas. Na etapa de floculação há uma aglutinação desses coágulos se transformando em flocos com maior densidade, que após decantação, sofrem uma deposição, sendo possível sua separação.

A floculação é etapa importante no processo de tratamento da água. Dá uma olhadinha neste vídeo sobre tratamento da água.

 

Centrifugação - Processo de separação de misturas

A centrifugação separa substâncias com densidades diferentes. Ao contrário da decantação que deixa o líquido em repouso, descansando, a centrifugação faz girar a mistura em uma centrífuga e acelera o processo de separação dos elementos mais densos, que tendem a se deslocar na direção de fuga. Com isso é possível separar as partículas mais densas.

A centrifugação é usada nos diversos ramos da indústria e neste vídeo abaixo te mostro uma aplicação prática deste assunto, o chamado Hidrociclones.

Não sei se você entende espanhol, mas apesar disso, o vídeo abaixo é muito interessante e fácil de entender. Dá uma olhadinha nele para você entender como a centrifugação é um processo de separação de misturas.

 

Processo de Separação de Misturas modernos 

Um moderno processo de separação de misturas muito discutido como alternativa de solução para o problema da seca e fornecimento de água potável em vários países é o processo de Dessalinização de água do mar através da Osmose Reversa. Assista ao vídeo abaixo para conhecer mais sobre este processo.

 

Como foi cobrado processo de separação de misturas no ENEM ( vídeo-aula) 

No vídeo abaixo te mostro como o ENEM 2015 cobrou este assunto. Assista agora mesmo!

 

 

Exercícios Resolvidos

Se você pretende que eu resolva alguma questão sobre Processo de Separação de Misturas, mande um email para quimica@saberenemquimicaefisica.com.br com o assunto: “Quero questão resolvida de Separação de Misturas”. Não esqueça de mandar o enunciado da questão proposta.

Estamos chegando ao final de mais um artigo, foi um prazer te passar mais esse conhecimento tão exigido na prova do ENEM. Espero que você tenha gostado!!

Se você gostou, deixe seu comentário e compartilhe com seu amigo. Tenho certeza que ele ficará feliz em saber que você lembrou dele!!

Grande abraço e ótimos estudos

5 Comentários


  1. Professor, estou pela primeira vez no seu site e desde já agradeço muito por esse conteúdo de alta qualidade que contribuiu muito para o meu aprendizado. Você acaba de ganhar mais uma admiradora do seu trabalho e com certeza irei ajudar a divulgar para expandir esse material sensacional e ter o reconhecimento merecido. Gratidão!

    Responder

    1. Maravilha seu comentário, Maria Laura!!! Fico extremamente feliz que meu trabalho esteja, de fato, ajudando pessoas como você. Me ajude a divulgar cada vez mais. Muito obrigado pelo comentário. Grande Abraço!!

      Responder

  2. Primeira vez que entro no site e já amei!
    Vou indicar com certeza!
    Obrigada, professor

    Responder

  3. Deve ter dado algum trabalho fazer esse texto-videos. Obrigado.

    Eu estava procurando algo que eu não sabia o nome. É DECANTAÇÂO. Olha só, muito interessante: no Universo as coisas se repetem de maneiras diferentes. A meditação (a pessoa não fazer nada) é um processo de decantação do pensamento ! : D Alguns pensamentos começam a “afundar”, enquanto outros começam a “subir” ! : D

    Responder

Deixe uma resposta para Danilo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *